Conheça Peggy: uma agente de mudança cultural para uma integração suave na aquisição da empresa

A mentalidade paciente e positiva de Peggy Kasprowicz fez dela a escolha natural para o papel de agente de mudança, ajudando a aproximar a antiga UAS Labs e a Chr. Hansen

Peggy Kasprowicz é líder de recebimento na unidade de produção da Chr. Hansen em Wausau, Wisconsin, Estados Unidos.


Em junho de 2020, Peggy passou a fazer parte da Chr. Hansen, quando a empresa adquiriu a UAS Labs, onde ela trabalhava desde junho de 2013. Além de seu papel como líder de recebimento, Peggy desempenhou um papel fundamental como agente de mudança durante o processo de integração.

 

Entusiasmada com o futuro 

Embora a aquisição tenha sido uma grande mudança que gerou muitas emoções para os 230 funcionários da UAS Labs, Peggy rapidamente ficou mais à vontade e animada com o futuro: “Nós estávamos entrando em algo desconhecido e não podíamos deixar de especular sobre o que poderia acontecer. Será que vamos perder nossos empregos? Será que vão nos mudar para um local diferente? Tantas perguntas. Mas depois de nossa primeira reunião virtual com o CEO Mauricio Graber e os líderes na Dinamarca, eu senti sua empolgação e entendi como poderíamos ser mais fortes juntos.” 

 

“… a alta gerência estava atenta até mesmo ao que parecia ser o menor problema e estava disposta a ajudar e melhorar nosso dia de trabalho.”

 

Criando transparência  

Peggy logo foi convidada a fazer parte de uma equipe de funcionários para expor quaisquer preocupações que seus colegas tivessem sobre a transição para a Chr. Hansen: “Discutimos como poderíamos nos comunicar para obter respostas para todos os envolvidos. Nosso objetivo era gerar uma cultura proativa, honesta, aberta a mudanças e criar transparência, explicando por que fazemos o que fazemos. Todos os membros da equipe realmente se sentiram valorizados pelo nosso envolvimento. Sentimos que a alta gerência estava atenta até mesmo ao que parecia ser o menor problema e estava disposta a ajudar e melhorar nosso dia de trabalho.” 

 

O melhor das duas empresas 

Desde a aquisição, o foco tem sido manter o “melhor dos dois mundos” da UAS Labs e da Chr. Hansen. Peggy destaca o conhecimento e o compromisso como pontos fortes da UAS Labs: “Na UAS, temos muitas pessoas com conhecimento para produzir novos e melhores probióticos. Isso é tudo o que fazemos, e quando você faz uma única coisa, você se torna um mestre nisso! Também adoramos compartilhar essas informações com outras pessoas e estamos ansiosos para aprender melhores maneiras com a Chr. Hansen. Temos muitas pessoas comprometidas em fazer o melhor trabalho possível e transmitir essa cultura a novos colegas!”

 

“Como parte dessa empresa global, aprendemos mais sobre o respeito a diferentes culturas, diversidade e inclusão.”

 

Quanto aos pontos fortes da Chr. Hansen, Peggy enfatiza que “a Chr. Hansen está comprometida com a sustentabilidade e abre caminho para os outros seguirem, e normalmente não é isso que se vê no mundo dos negócios. A comunicação interna em escala global também é muito boa. Mas o melhor são as pessoas: recebemos muito apoio e ajuda especialmente de outras fábricas em Wisconsin. Todos são muito gentis e estão dispostos a ajudar. Conhecê-los foi um prazer.”

 

Uma abordagem de trabalho orientada por objetivos

Fazer parte da força de trabalho global da Chr. Hansen deu aos ex-funcionários da UAS uma abordagem mais orientada para o propósito de seu trabalho: “Fazer parte da Chr. Hansen significa que estamos ajudando pessoas de todo o mundo a ter uma vida mais saudável, fornecendo produtos de alta qualidade e sendo sustentáveis. E esse é um ótimo motivo para ir trabalhar todos os dias. Como parte dessa empresa global, aprendemos mais sobre o respeito a diferentes culturas, diversidade e inclusão.”

 

“… mesmo que agora façamos parte de uma grande organização, eu realmente sinto que somos vistos e ouvidos, e que nossas opiniões são respeitadas.”

 

Fazendo parte da Chr. Hansen

De acordo com Peggy, sentir-se visto, ouvido e respeitado é importante ao fazer parte da Chr. Hansen: “Vir de uma pequena empresa de probióticos e se tornar parte da empresa global Chr. Hansen aumentou um pouco o nosso ego! Faz uma grande diferença o modo como você é tratado pela gerência, e mesmo que agora façamos parte de uma grande organização, eu realmente sinto que somos vistos e ouvidos, e que nossas opiniões são respeitadas.”

 

Seja paciente na hora de mudar

O conselho de Peggy para quem está passando por uma mudança é ter paciência: “Ainda ouço pessoas, muitas vezes novas, identificando falhas ou encontrando coisas que podem ser melhoradas. Isso é ótimo, e eu incentivo as pessoas a compartilharem ótimas ideias, mas você também precisa ser paciente quando se trata de mudanças. É importante olhar para o panorama geral. Muitas vezes nos preocupamos com a forma como a mudança nos afeta, mas a chave é entender por que a mudança está acontecendo. Eu realmente incentivo todos a fazerem isso. Vai ajudar em sua jornada de mudança.”  

 

Sobre Wausau, Wisconsin

  • Número de funcionários: 195
  • Área comercial: Saúde humana
  • Instalações: Recebimento e expedição
  • Estabelecida pela UAS Labs em 2013
  • Passou a fazer parte da Chr. Hansen em julho de 2020 

Saiba mais sobre a aquisição da UAS Labs

 

Compartilhe