Esse conteúdo do nosso site está disponível apenas em inglês

Our HMO product portfolio

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda amamentação exclusiva nos seis primeiros meses de vida, seguida da amamentação junto com alimentação complementar.1

O leite materno é o melhor alimento para bebês, com propriedades nutricionais ideais, e muitos de seus ingredientes têm funções fisiológicas específicas. Os açúcares são o principal componente do leite humano, à frente de gorduras e proteínas. Além da lactose, que serve como fonte de energia, o leite materno humano contém de 7 a 25 gramas de moléculas complexas de açúcar (oligossacarídeos) por litro. Esses açúcares complexos são encontrados apenas em concentrações significativas no leite humano, e são conhecidos em conjunto como oligossacarídeos do leite humano (HMO).

 

 

Como tudo começou

No início do século XX, o pediatra e bacteriologista austro-germânico, prof. Theodor Escherich (1857-1911), e o pediatra alemão Ernst Moro (1874-1951) conseguiram demonstrar que um determinado componente do açúcar do leite materno influencia o desenvolvimento do microbioma intestinal e, portanto, tem um impacto positivo na saúde infantil. Desde então, mais de 150 oligossacarídeos complexos diferentes foram isolados no leite humano. Aprendemos muito sobre as propriedades funcionais específicas desses oligossacarídeos.

Foram realizados estudos para caracterizar o benefício prebiótico que esses açúcares podem ter no desenvolvimento de um microbioma humano natural. Os mesmos estudos sugeriram que um sistema imunológico equilibrado é sustentado por um microbioma intestinal saudável.

Oferecemos processos de produção inovadores, adaptáveis e eficientes para HMO selecionados, e esses produtos correspondem aos seus equivalentes naturais em termos de estrutura e função. A qualidade de nossos HMO e os processos de fabricação correspondentes são adaptados para permitir que esses produtos sejam usados em algumas regiões, por exemplo, como ingredientes alimentícios funcionais em nutrição infantil e alimentos para fins médicos especiais (FSMP), bem como nutrição funcional em geral.

 

A vantagem da Chr. Hansen com os HMO

Nossa produção segue os padrões de qualidade FSSC 22000 e ISO 9001. Nossos produtos estão disponíveis em vários níveis de pureza (até 98%), parcialmente também disponíveis como hipoalergênicos. Todos os produtos têm certificados kosher e halal, são produzidos com tecnologia de secagem por aspersão e podem ser oferecidos para mistura úmida ou seca.

 

Referências

1 Organização Mundial da Saúde. Código internacional de comercialização de substitutos do leite materno. https://www.who.int/nutrition/publications/infantfeeding/9241541601/en/ Acessado em 26 de novembro de 2020.(PubMed) 


Compartilhe