A Chr. Hansen publicou o primeiro estudo científico sobre a combinação de Oligossacarídeos do Leite Humano em concentrações naturais em fórmulas infantis

A Chr. Hansen publicou o primeiro estudo científico sobre a combinação de Oligossacarídeos do Leite Humano em concentrações naturais em fórmulas infantis
O novo estudo da Chr. Hansen é um passo importante para tornar a fórmula infantil mais parecida com o leite materno.
Comunicado de imprensa | Aug 26. 2021 07:03 GMT

Novo estudo publicado em “Nutrients” mostra segurança e tolerabilidade da fórmula infantil contendo os cinco Oligossacarídeos do Leite Humano mais abundantes em concentrações naturais

Os Oligossacarídeos do Leite Humano (HMO) são o terceiro componente mais abundante encontrado exclusivamente no leite materno humano. Eles são conhecidos por oferecer benefícios para os bebês, auxiliando o sistema imunológico, promovendo o crescimento de bactérias intestinais benéficas e ajudando no desenvolvimento do cérebro.

A empresa global de biociência, Chr. Hansen, conduziu um estudo científico com HMO de uma fórmula infantil contendo os cinco HMO mais abundantes em uma concentração de 5,75 gramas por litro (g/l), semelhante à concentração que se encontra naturalmente no leite materno.

Os resultados mostram boa segurança e tolerabilidade da combinação de cinco HMO – a saber, 2’-fucosilactose, 3-fucosilactose, lacto-N-tetraose, 3’-sialilactose e 6’-sialilactose – em bebês. Esses resultados foram publicados recentemente no periódico revisado por pares, Nutrients, e é a primeira publicação que descreve a aplicação de uma combinação complexa de cinco HMO em concentrações fisiológicas.

O estudo multicêntrico, randomizado, duplo-cego foi conduzido em 12 centros de investigação diferentes em toda a Europa, e incluiu 341 recém-nascidos, que foram acompanhados durante um período de investigação de quatro meses. Todos os bebês desenvolveram-se bem e a fórmula contendo a combinação desses cinco HMO foi bem tolerada. Além disso, em comparação com o grupo de bebês amamentados, eles produziram fezes mais moles com uma frequência maior do que o grupo de controle com a fórmula.

Tornando a fórmula infantil mais parecida com o leite materno
“Estamos entusiasmados em publicar esse estudo de uma combinação complexa de cinco HMO em concentrações fisiológicas em uma fórmula infantil. A amamentação é a melhor forma de garantir a saúde infantil e é recomendada pela OMS, mas, na Chr. Hansen, nosso objetivo é auxiliar o desenvolvimento saudável de bebês que não podem ser amamentados, oferecendo HMO como um ingrediente e mistura para fórmulas infantis em uma concentração natural. O novo estudo é um passo importante para tornar a fórmula infantil mais parecida com o leite materno”, afirma Jesper Sig Mathiasen, vice-presidente sênior, HMO da Chr. Hansen.

Os HMO são aprovados como ingrediente para fórmulas infantis na América do Norte, Europa, partes da América Latina e Ásia, com aprovações pendentes em mercados importantes como China, Índia, Brasil e Argentina.

“Cerca de 150 HMO diferentes foram identificados até agora, mas a maioria dos produtos de fórmula infantil não contém HMO ou contém apenas o HMO mais abundante, 2’-fucosilactose”, explica a Dra. Katja Parschat, chefe de Pesquisa e Desenvolvimento, HMO da Chr. Hansen. “No entanto, os benefícios dos HMO derivam da diversidade estrutural desses açúcares. Eles estão bem caracterizados nos cinco HMO estudados, que representam cerca de 30% de todos os HMO do leite materno humano. Em um estudo posterior, analisaremos o desenvolvimento da microbiota intestinal dos 341 bebês incluídos no estudo recém-publicado para obter mais informações sobre os benefícios dos HMO na saúde gastrointestinal”, conclui ela.

É uma prioridade estratégica para a Chr. Hansen investir em pesquisas futuras para expandir seu conhecimento neste campo inovador e oferecer mais informações sobre os benefícios dos HMO na ciência e na saúde infantil.



A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda amamentação exclusiva nos seis primeiros meses de vida, seguida da amamentação junto com alimentação complementar.
Fonte: Organização Mundial da Saúde. Acessado em 26 de novembro de 2020.



A Chr. Hansen é uma empresa de biociência global e diferenciada, que desenvolve soluções com ingredientes naturais para as indústrias alimentícia, nutricional, farmacêutica e agrícola. Na Chr. Hansen, estamos em uma posição privilegiada para impulsionar mudanças positivas por meio de nossas soluções microbianas. Há mais de 145 anos, nós trabalhamos para possibilitar uma agricultura sustentável, rótulos mais limpos e uma vida mais saudável para mais pessoas em todo o mundo. Nossas plataformas de tecnologia microbiana e de fermentação, que incluem nossa ampla e relevante coleção de cerca de 40 mil cepas microbianas, têm um potencial revolucionário. Atendendo às necessidades dos clientes e às tendências globais, nós continuamos a desbloquear o poder das bactérias boas para dar resposta aos desafios globais, como o desperdício de alimentos, a saúde global e o uso excessivo de pesticidas e antibióticos. Como sendo a empresa de biotecnologia mais sustentável do mundo, nós tocamos a vida de mais de 1 bilhão de pessoas todos os dias. Impulsionados por nosso legado de inovação e curiosidade pela ciência pioneira, nosso objetivo – “To grow a better world. Naturally.” – está no centro de tudo que fazemos.

Compartilhe