Nós utilizamos cookies para otimizar o website. Se você continuar navegando no site ou se fechar esta janela, você aceita nossa política de cookies

Imprimir Compartilhe

Nova parceria para desenvolver tratamento para alergias ao amendoim

Nova parceria para desenvolver tratamento para alergias ao amendoim
Comunicado de imprensaApr 18. 2018 03:57 GMT

A Prota Therapeutics, desenvolvedora de imunoterapias orais para tratar alergias alimentares, fez parceria com a Chr. Hansen. A parceria irá avaliar a cepa probiótica mais bem documentada do mundo, a LGG®, em um estudo clínico Fase III para desenvolver um tratamento para alergia a amendoim.

O novo local de última geração criará melhor velocidade para o mercado, com base em mais flexibilidade na produção e na cadeia de suprimentos, resultando em produtos de alta qualidade mais rápido. O impacto econômico para tratamento de alergias alimentares nos EUA tem sido estimado em US$24,8 milhões por ano1.

A alergia a amendoim é a causa mais comum de anafilaxia, uma reação alérgica que pode matar e uma das causas mais comuns de morte por alergia alimentar2. Mais de três milhões de americanos sofrem com alergi alimentar3, o que resulta em um mercado de tratamentos para para alergia de amendoim no mundo que deve atingir mais de US$10 bilhões até 20252.

A Prota Therapeutics é a pioneira em uma nova forma de tratamento de imunoterapia oral. Combina a cepa probiótica LGG®4 especificamente formulada da Chr. Hansen, Lactobacillus rhamnosus, com doses direcionadas de formulações proprietárias de proteína do amendoim. O tratamento foi criado para reprogramar a resposta do sistema imune ao amendoim e, em última análise, desenvolver tolerância.

Um dos primeiros estudos clínicos Fase III com um microorganismo vivo
Melhorando com relação aos estudos anteriores realizados no Murdoch Children’s Research Institute, a Prota Therapeutics está progredindo para um estudo clínico Fase III de larga escala, de acordo com o IND dos EUA (Investigational New Drug Application, Formulário para novo medicamento de estudo). O objetivo é comercializar um produto medicinal usando uma nova forma de dosagem terapêutica de nível farmacêutico para tratar a alergia ao amendoim e explorar as indicações para tratar outras alergias alimentares.

"Uma terapia eficaz para tratar alergias ao amendoim é, agora, uma meta realista. A Chr. Hansen é a parceira ideal para nós nessa próxima etapa, como proprietária de um dos principais componentes do produto terapêutico, a LGG®, e como principal especialista em soluções microbianas. A Chr. Hansen demonstrou a capacidade de entregar um produto de qualidade farmacêutica que pode ser regulamentado como produto terapêutico biológico. Junto com nossa formulação de proteína proprietária, temos como objetivo levar isso para comercialização de um tratamento para alergias ao amendoim", diz dra. Suzanne Lipe, CEO na Prota Therapeutics.

Como desbloquear o potencial da bactéria boa
Vários estudos destacaram o potencial terapêutico de bactérias específicas na prevenção e no tratamento de doenças gastrointestinais e outras doenças. Investigar bactérias específicas para o tratamento de alergias alimentares é uma área que, recentemente, ganhou campo.

Tendo produzido LGG® durante mais de dez anos antes de adquirir a LGG® da Valio em 2016, essa nova parceria é um exemplo de como o foco da Chr. Hansen em qualidade e documentação clínica de ponta do produto pode expandir o potencial da cepa probiótica LGG® em uma nova área inovadora.

Christian Barker, vice-presidente executivo de saúde e nutrição da Chr. Hansen, afirma:

"Chr. Hansen tem a capacidade de maximizar o valor de uma cepa probiótica por meio de nossa profunda experiência em desenvolvimento de processo e em formulação microbiana, do nosso foco na qualidade e de nosso alcance global. A parceria com a Prota Therapeutics faz parte de nossa estratégia para setornar a parceira de escolha para empresas que desejam desenvolver novas gerações de micróbios terapêuticos.”

A cepa probiótica mais bem documentada do mundo
Lactobacillus rhamnosus é a cepa probiótica mais bem documentada do mundo. Ela tem sido usada em alimentos, complementos alimentares e nutrição de recém-nascidos desde 1990 e tem mostrado efeitos benéficos nos sistemas gastrointestinal e imunológico. Ela é corroborada por mais de 300 estudos clínicos e 1200 publicações científicas.

---

Observações:
(1) Gupta R et. al., JAMA Pediatrics 2013; 167(11):1026-103
(2) DelveInsight, “Peanut Allergy – Competitive Landscape, Market Insights, Epidemiology and Market Forecast-2025”
(3) Sicherer et. al., J Allergy Clin Immunol 2010;125:1322-6
(4) LGG® é marca registrada da Chr. Hansen

---

Sobre a Prota Therapeutics
A Prota Therapeutics é uma empresa privada australiana que desenvolve tratamentos baseados na imunoterapia oral para alergia alimentar. O principal produto da empresa emlhora a pesquisa inovadora baseada em probiótica liderada pelo professor Mimi Tang e licenciada do Murdoch Children’s Research Institute e está em desenvolvimento como tratamento para a causa mais comum de anafilaxia que pode levar à morte, a alergia ao amendoim. O novo tratamento para alergia ao amendoim está progredindo rapidamente pelo desenvolvimento clínico e comercialização, por meio da sua parceria com a Chr. Hansen e com o apoio de investidores, liderados pela empresa de capital de risco com sede em Sydney, a OneVentures. Além de liderar o financiamento Série A inicial para a Prota em 2016, a OneVentures liderou ainda financiamento adicional para a Prota por meio de seu fundo, apoiado pela iniciativa Biomedical Translation Fund (Fundo para conversão biomédica) do governo australiano.

Sobre a MCRI
O Murdoch Children’s Research Institute (MCRI) é o maior instituto de pesquisa de saúde da criança na Austrália e é um dos cinco principais do mundo. O MCRI é reconhecido como líder mundial em pesquisa pediátrica, incluindo alergia, doenças infecciosas, doenças imunes, genética, câncer, tecnologia de células tronco e saúde da população. O instituto está localizado, junto com parceiros de campus, no Royal Children's Hospital e na Universidade de Melbourne. Essa posição única permite ao MCRI converter as descobertas feitas em pesquisas de labortório e pesquisas clínicas e públicas, em benefícios reais para ajuar as crianças da Austrália e do mundo a terem vidas mais saudáveis e felizes. Leia mais sobre o MCRI em
https://www.mcri.edu.au

Sobre a OneVentures
A OneVentures é uma empresa australiana de capital de risco com US$32 milhões sob sua gestão, tendo lançadoseu primeiro fundo em 2010. A OneVentures utiliza seus pontos fortes em edifícios comerciais, para acelerar o desempenho da empresa em portfólios. A OneVenture tem três fundos principais, dois dos quais estão investindo ativamente. O OneVentures Innovation and Growth Fund II e o OneVentures Healthcare Fund III têm, aproximadamente, US$ 200 milhões em capital disponível para empresas de tecnologia e de tratamento de saúde. O OneVentures Healthcare Fund III foi lançado em dezembro de 2016. O fundo de US$170 milhões está licenciado sob o programa BTF (Biomedical translation Fund, Fundo de conversão biomédica) do governo e está procurando, ativamente, investimentos em empresas sediadas na Austrália que comercializam dispositivos médicos e medicamentos em desenvolvimento clínico e diagnóstico. Leia mais sobre a OneVentures em
www.one-ventures.com


A Chr. Hansen é uma empresa global de biociência, que desenvolve soluções com ingredientes naturais para as indústrias alimentícia, nutricional, farmacêutica e agrícola. Os produtos incluem culturas, enzimas, probióticos e corantes naturais, e todas as soluções baseiam-se em sólidas competências em pesquisa e desenvolvimento, além de significativos investimentos em tecnologia. A receita para o ano fiscal 2015/16 foi de 949 milhões de euros. A empresa tem mais de 2.800 funcionários em 30 países, e centros principais de produção na Dinamarca, França, EUA e Alemanha. A Chr. Hansen foi fundada em 1874 e está listada na Nasdaq Copenhague.

O que você procura?

Compartilhe esta página

Selecione o seu idioma de preferência