Nós utilizamos cookies para otimizar o website. Se você continuar navegando no site ou se fechar esta janela, você aceita nossa política de cookies

Imprimir Compartilhe

Melhor bioproteção para mais produtos lácteos em mais regiões

Melhor bioproteção para mais produtos lácteos em mais regiões
Comunicado de imprensaNov 02. 2017 10:31 GMT

Com  FreshQ® de segunda geração, da Chr. Hansen, mais produtos lácteos podem manter seu frescor natural e contribuir para a redução do desperdício de alimentos

Desde que a empresa de biociência global, Chr. Hansen, lançou pela primeira vez seu portfólio FreshQ® há cerca de cinco anos, o produto ganhou espaço na indústria de laticínios mundial e reconhecimento por suas extraordinárias propriedades de proteção contra leveduras e mofos, de modo totalmente natural – em linha com a preferência dos consumidores por rótulos limpos.

Agora as equipes de inovação e ciência da Chr. Hansen surpreenderam novamente: desenvolveram uma  extraordinária série de novas culturas FreshQ®, ainda mais potentes que as da primeira geração, e prontas para expandir seu alcance global.

Ajudando os clientes a se tornarem naturais

"Estamos satisfeitos e orgulhosos por lançar mais de 10 novas culturas, que certamente abrirão as portas para novos mercados e clientes", afirma Peter Thoeysen, Diretor de marketing, Bioproteção de produtos lácteos.

"É uma nova geração que oferece soluções melhores. As novas culturas FreshQ® são utilizáveis e otimizadas para significativamente mais produtos e aplicações (além de iogurte, queijo fresco, kefir, quark e inúmeros outros produtos de leite fermentado), e têm propriedades protetoras mais fortes, que as tornam adequadas para regiões onde a cadeia fria está sob pressão. E, por último, mas não menos importante, elas oferecem uma alternativa para ainda mais conservantes artificiais e químicos do que a primeira geração; dessa forma nós podemos ajudar mais clientes a se tornarem naturais", enfatiza ele.

Reduzindo o desperdício de alimentos com uma validade maior

FreshQ® age inibindo ou atrasando o crescimento de leveduras e mofo nos produtos lácteos frescos. Um estudo validado externamente demonstrou que, ao aumentar a validade, FreshQ® pode ajudar a diminuir o desperdício de alimentos.

Hoje 17% da produção europeia de iogurte é descartada – em 80% dos casos porque a validade expira em algum momento da cadeia de fornecimento. Uma ampliação da validade em 7 dias – uma estimativa conservadora do possível impacto de FreshQ® – se refletiria em uma redução de desperdício potencial de 30% somente na Europa.

A redução do desperdício de alimentos não apenas foi identificada pela ONU como uma Meta Global para o Desenvolvimento Sustentável – ela também está no topo da pauta dos consumidores. Uma ampliação modesta da validade não entra em conflito com a preferência por produtos frescos, desde que seja produzida por ingredientes naturais e desde que possa contribuir para a redução do desperdício.

Keep it great!

A segunda geração de FreshQ® superou algumas das limitações que identificamos na primeira geração. No desenvolvimento das culturas, também nos concentramos em selecionar cepas que tenham um impacto mínimo no processo e ajudem a obter o sabor desejado", explica Thoeysen.

"O que nós oferecemos aos fabricantes de laticínios em todo o mundo é uma vantagem competitiva sem prejudicar o rótulo do produto; nós oferecemos uma chance de manter os produtos frescos e seguros por mais tempo, utilizando os próprios recursos da natureza. Isso não apenas ajuda os fabricantes de alimentos a criar uma ótima experiência de marca – ajuda a 'Keep it great!'", conclui Thoeysen, referindo-se ao guarda-chuva sob o qual a Chr. Hansen reúne todas as soluções bioprotetoras para produtos lácteos, carnes, salmão e saladas frescas.

A bioproteção é um farol estratégico para a Chr. Hansen na estratégia geral de ser a no. 1 da Natureza. No ano passado, a área de produtos teve um crescimento de 30% e as expectativas continuam altas.


A Chr. Hansen é uma empresa global de biociência, que desenvolve soluções com ingredientes naturais para as indústrias alimentícia, nutricional, farmacêutica e agrícola. Os produtos incluem culturas, enzimas, probióticos e corantes naturais, e todas as soluções baseiam-se em sólidas competências em pesquisa e desenvolvimento, além de significativos investimentos em tecnologia. A receita para o ano fiscal 2015/16 foi de 949 milhões de euros. A empresa tem mais de 2.800 funcionários em 30 países, e centros principais de produção na Dinamarca, França, EUA e Alemanha. A Chr. Hansen foi fundada em 1874 e está listada na Nasdaq Copenhague.

O que você procura?

Compartilhe esta página

Selecione o seu idioma de preferência